Arquivo para Copa do Brasil

Novo escudo do Sport: o que acham?

Posted in sport, sport club do recife with tags , , , , , on junho 20, 2008 by Lule


Rubro-negros, eis o novo escudo do glorioso Sport Club do Recife. O presidente Milton Bivar aprovou o desenho desse jeito, com a estrela prata em tamanho menor e no meio das duas douradas. O que acharam?
Dêem suas opiniões na primeira enquete do site da TORCE, colocada no ar nesta sexta, dia 20 de junho, nove dias após a conquista do título da Copa do Brasil.
Já ouvi dizer por aqui que o rabo do Leão faz, agora e propositalmente, um S. De Sport, claro!

Bom fim de semana a todos e vamos torcer amanhã por uma vitória do LEÃO contra o São Paulo (ah, o jogo vai passar no SporTV, acabei de confirmar aqui). 

Anúncios

Desculpa aí, Lua…

Posted in sport, sport club do recife with tags , , , , , , on junho 18, 2008 by Lule

Recife, 11 de junho de 2008

…mas a noite é do SPORT 🙂

Sport 2 x 0 Corinthians.
Campeão da Copa do Brasil.

Mas é preciso esclarecer uma coisa: Eu NÃO gosto de futebol. Sou Sport porque meu pai é, e porque fiz natação lá no clube (igual a quem é católico porque “me batizaram”). O que me impressiona, na verdade, é o FENÔMENO que o futebol é, na vida das pessoas. É claro que eu queria q o Sport vencesse. Mas… se ele tivesse perdido, meu dia amanhã não ía ser nem melhor, nem pior. Mas não é assim, para a grande multidão. Trata-se de assunto sério. Parece q o futuro do torcedor DEPENDE desse resultado, e é isso q me deixa chapado. Nesta quarta-feira, durante o dia aqui em Recife (onde ocorreu o jogo, aviso a algum “osmário” da vida), era palpável a tensão nas ruas, no trânsito, no trabalho… Parecia a sexta-feira que antecede o sábado de Zé Pereira, no Carnaval. Fico curioso também em relação ao que se passa pela cabeça de quem não é Sport, aqui em Recife. Eles também estavam numa expectativa, onde é visível (acho eu) uma mistura de sentimentos. Os tricolores e alvirrubros querem que o Sport se foda, mas, ao mesmo tempo, o jogo é aqui, não deixa de ser deles também a festa, com a vitória.
Eu, com minha tendência à divagação, vejo no futebol simbologias sociais e existenciais…

Tirei esta foto da janela da cozinha, mas fui à janela da sala (no lado oposto), e a cidade pipocava de fogos de artifício (não como este da foto; aqueles menores, mais baratos, q dão mais susto que deslumbre) como se fosse reveillon. Pô, como ficar imune a isso tudo? Trata-se de assunto sério…

🙂

Texto escrito e cedido pelo amigo Osmário Marques, rubro-negro de batismo e companheiro de redação do DP; essa linda foto e outras relíquias visuais podem ser vistas no site http://www.flickr.com/photos/osmariomarques. Osmi foi mais um atento observador a prestar atenção ao Recife e ao céu rubro-negro (que ofuscou até a Lua!) na já lendária noite de 11 de junho de 2008. Beijos e um bom dia a todos. Lule.

Sport x Corinthians – 11 de junho de 2008

Posted in sport, sport club do recife with tags , , , , on junho 16, 2008 by luizbarbosa

Filmado por Marcelo Lacerda, membro da TORCE desde sua fundação (ou bem antes dela).

No Recife tem Leão

Posted in sport, sport club do recife with tags , , , , , on junho 14, 2008 by Lule

Rubro-negros, o escritor, compositor e autor Bráulio Tavares cedeu uns versinhos em forma de cordel para nosso site. Vejam meu email, a resposta dele e o cordel que atesta, mais uma vez, quem é o dono de Pernambuco. Beijos e vamos nessa. Perdemos para o Figueirense mas estamos na média no Campeonato Brasileiro. E a conquista da Copa do Brasil ainda merece ser comemorada.

 

De: Braulio Tavares
Para: Luciana Veras
Data: 13/06/2008 16:40
Assunto: Re: o LEÃO do Recife

 

Olá, Luciana.Antes de mais nada — sou paraibano, mas meu pai era de Recife e era Sport
doente. Eu e meus irmãos somos todos Sport. Minha irmã Inês, que mora em
São Paulo há anos e é corintiana, ligou para mim antes do jogo: “Hoje eu sou
Sport e sou Nordeste!”Seria uma honra vocês divulgarei meus versos no seu saite. Fique à vontade!

E parabéns à nação rubronegra!

abs

BT

—– Original Message —–
From: “Luciana Veras” <luciana.veras@uol.com.br>
To: “btavares13” <btavares13@terra.com.br>
Sent: Friday, June 13, 2008 4:09 PM
Subject: o LEÃO do Recife

Oi, Bráulio,

Antes de mais nada, saudações rubro-negras!
Sou jornalista e trabalho no Diario de Pernambuco, mas escrevo aqui como
torcedora do SPORT. Adorei o texto que você escreveu, recebido através de
Rosário. E queria pedir licença para publicá-lo no site da T.OR.CE, a
Torcida Organizada do Canto Esquerdo, criada em 2007 por vários amigos e
primos que vêem os jogos do Leão sempre no canto esquerdo superior da
arquibancada central da Ilha do Retiro.
Para nós seria uma honra tê-lo em nosso humilde site.
Por favor, nos visite – torce.wordpress.com. Estamos ainda ‘turbinando’, por
assim dizer, nossa página na rede.
Abraços, obrigada e parabéns pelo texto. No Recife, de fato, tem um Leão
bravo e tinhoso!
Luciana

########

Se você é caçador,
viajante, aventureiro,
daqui ou do estrangeiro,
preste atenção por favor:
caso um dia você for
caçar nessa região,
tenha muita precaução
seja muito cuidadoso:
o Recife é perigoso,
no Recife tem Leão!
 
É um Leão diferente
que veste preto e vermelho
e eu vou lhe dar um conselho
que já salvou muita gente:
se surgir na sua frente
corra noutra direção
avise à população
que fuja para outro lado,
Recife é campo minado,
no Recife tem Leão!
 
Que seja internacional,
mosqueteiro ou palmeirense,
vascão ou brasiliense,
em Recife se dá mal.
Timbu e cobra-coral,
fregueses de tradição,
avisam: “Não venha não!
Se vier, eu lhe abandono,
pois Pernambuco tem dono
e Recife tem Leão!”
 
BT

 

 

Xico Sá, Bala e Deus

Posted in sport, sport club do recife with tags , , , , , , , , , , on junho 13, 2008 by Lule

Nação de campeões,

Hoje tenho a honra de estrear aqui na atualização do nosso blog. Dando continuidade às comemorações pelo nosso primeiro título da COPA DO BRASIL, coloco aqui um texto do cearense-pernambucano-paulista-santista Xico Sá, publicado hoje na Folha de São Paulo (com chamada na capa!). Que Jacob que nada… Quem manda na Ilha de Lost é CARLINHOS BALA, o predestinado! Leiam e se deliciem. Pelo SPORT tudo!

XICO SÁ

Deus e o Bala na terra do sol

O Divino revelou ao herói do Sport o desfecho da Copa do Brasil na Ilha de Lost e pediu clemência da Fiel a Felipe

AMIGO TORCEDOR, amigo secador, Deus é fiel, mas, dessa vez, queixoso do mundo-cão, foi tirar uns dias de folga no Nordeste, onde, em um semáforo na praia do Pina, no Recife, revelou a Carlinhos Bala, como a um dos seus profetas do Velho Testamento, o que aconteceria na Ilha de Lost, também conhecida como do Retiro.
“Filho, a princípio achei que era o Chico César, criatura de Catolé do Rocha, mas reparo que és tu mesmo, menino Bala, como andas, preparado para a final com o grande Corinthians?”, gracejou o Divino.
“Senhor, agora vejo que estás mesmo onde menos a gente espera, como diz a Bíblia”, bradou o mestiço do pequeno David com Macunaíma.
“Filho, prepare-se para viver dias de glória, mesmo com todo o meu respeito à fé cega dos admiráveis coríntios, bem-aventurados sejam os renegados do Sport que tanto penaram pelas Segundonas da vida, os alvinegros só começaram as suas peregrinações e são líderes absolutos.”
“Senhor, vamos ganhar a Copa do Brasil, como na visão que tive no gol salvador na casa do São Paulo?” “Filho, como disse o bravo Juca Kfouri, tenho mais o que fazer nesse mundão sem porteiras, pero…”
“Pero o quê, Senhor, até parece argentino com esse portunhol do Herrera, pelo amor dos meus filhinhos, precisamos do título para lavar a nossa honra, é unanimidade entre os cavaleiros das mesas-redondas que o Timão já pode colocar a faixa.”
“Calma, na carta do secador São Paulo aos coríntios há outro rumo.” “Senhor, o sinal vai abrir. Perdoe-me, mas tenho pressa, pois Nelsinho não tolera atrasos na Ilha de Lost.”
“Bem-aventurado seja o Baptista, que suportou, com resignação e sabedoria, todas as humilhações da queda para a Segundona…”
“Mas, Senhor, vamos ganhar a Copa do Brasil? Perdoe minha objetividade burra!”, apelou o boleiro, enquanto uma criança passava o rodinho no vidro do seu Audi prata.
“Tem comido cuscuz com ovo?!”, Deus tentou mudar o papo, citando um segredo da força do baixinho.
“Cuscuz com bode também, Senhor, mas sem cachaça”, respondeu, mais relax, o herói do Sport.
“Muito bem, era a comida dos homens fortes do deserto, viva os caprinos, incluindo os cordeiros, sagradas criaturas, mas um vinhozinho está permitido, pois nem Deus agüenta a sobriedade absoluta.”
“Senhor, por que segura o sinal no vermelho tanto tempo? Creio que estamos conversando há horas.”
“Assim será o jogo para os alvinegros, tudo trancado, não verão o caminho da rede após bem-sucedidas pescarias neste ano”, disse o Divino.
“Embora tenha cerimônias de me meter nessas pelejas, os coríntios, quase sempre humildes, cometeram o pecado da soberba, pecado do meu apóstolo tricolor e ultimamente do Palmeiras do Luxa, sacas?”
Além do sinal, belas nuvens negras da chuva e da fartura nordestina encobriam o caminho de Deus naquela hora, quando o menino Bala recebeu a iluminação do título e espalhou para a incrédula mídia.
Ao longe, Deus cantou para o boleiro: “O bom menino Felipe, coitado, vai tomar um gol que pode parecer frango, mas, para quem sabe de futebol, será indefensável, espero que a amada fiel não o julgue, e que o caminho na Segundona seja leve!”.


xico.folha@uol.com.br

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/fk1306200815.htm